participação de mercado do Magento em 2014 - imagem: aheadWorks

Há quase um mês, a aheadWorks divulgou a edição 2014 de sua pesquisa de participação de mercado, entre as plataformas que movem lojas virtuais. Como nos anos anteriores (consulte as pesquisas de 2012 e 2013), o Magento segue como líder de mercado e ainda abriu uma boa vantagem sobre o segundo colocado, o Prestashop.

Como já expliquei antes, a ideia da pesquisa é muito simples e apesar de imperfeita, consegue dar uma boa base sobre a participação de mercado das principais plataformas de e-commerce disponíveis:

O método da pesquisa é bem simples: o robô da aheadWorks levanta o primeiro milhão de lojas virtuais do ranking da Alexa e a partir dessa lista, avalia – a partir de características próprias de cada plataforma, qual é o software que move aquela loja. Com isso, ele consegue determinar, a partir dessa amostra, qual é a participação de cada plataforma de loja virtual no bolo total. O mecanismo não é perfeito, já que algumas lojas podem não ser identificadas corretamente, porém é um retrato muito próximo da realidade e permite que se avalie como o mercado está caminhando.

No ano passado, o Magento Community Edition – a versão opensource e que pode ser usado sem pagamento de licença – atingia 29% de participação, enquanto a Enterprise Edition, a versão paga, aparecia em sexto lugar, com 5,8%. Em 2014, o Magento CE assumiu sozinho 1/3 do mercado, com 33,8% de participação e o Magento EE pulou para terceiro lugar, aparecendo com 8,7% do total.

O Prestashop segue em segundo lugar, com ligeiro aumento e o que chama a atenção é a participação do Shopify, plataforma americana de lojas virtuais sob demanda, que praticamente dobrou seu share e agora está com 8,3%. Como o mecanismo da aheadWorks busca o milhão de sites mais visitado no Alexa, a conclusão é que o Shopify vem tomando lugar em lojas maiores e junto com o Magento EE, parece demonstrar que o espaço para amadorismo vem diminuindo a passos largos.

Além disso, agora a “família Magento” sozinha responde por 43% do mercado, somando as participações da Community Edition e Enterprise Edition com a descontinuada Professional Edition e o Magento Go. O Volusion, que era uma das tendências 2 anos atrás perdeu força e uma nova plataforma aparece na pesquisa, chamada de Insterspire. O artigo original da aheadWorks traz ainda alguns gráficos e análises comparando os diferentes mercados e vale uma visita.

Magento segue na liderança do mercado
3 votos, 5.00 média (96% pontuação)