Nesse novo tutorial do blog, uma série de quatro artigos sobre redes sociais e sua importância para interagir com os potenciais clientes de uma loja virtual. Se quiser saber mais, há outros artigos sobre o assunto, basta pesquisar por redes sociais.

Além do Facebook, há outras tantas redes sociais com as quais você pode trabalhar. Algumas são bastante específicas e estarão relacionadas com o público-alvo que você deseja atingir, o que faz com que você tenha que pesquisar em seu mercado e entender como trabalhar com essas redes. Para fechar esse tutorial, falo um pouco de outras três redes.

Gritando para seus consumidores nas redes sociais - imagem: diarioliberdade.org

5) Twitter

O Twitter é uma das redes mais antigas e cresceu com base na premissa das frases curtas, com até 140 caracteres. Ainda que hoje não tenha a força que tinha antes, você ainda pode utilizá-la como instrumento para divulgação de seus produtos e promoções. Lembre-se, é uma rede onde você deve ser direto e conciso, construindo frases de efeito que tenham impacto sobre seus seguidores e que os incentive a compartilhar seus tweets (como são chamadas publicações nessa rede).

6) Instagram

Agora propriedade do Facebook, o Instagram caracteriza-se como uma rede visual, onde os usuários postam imagens, aplicando diferentes efeitos (os filtros), conforme sua criatividade e gostos. Para as empresas, não basta mostrar seus produtos no Instagram. O segredo aqui é fazer com que seu produto venha à vida em imagens, mostrar seus produtos em usos e em situações interessantes. Depois de conquistado, de ter construído um relacionamento com seus produtos, os seguidores estarão mais abertos a serem impactados por suas ofertas e promoções.

7) Linkedin

Pra completar, o Linkedin é uma rede de contatos profissionais. Isso não significa que você deva deixar essa rede de lado. É importante que sua empresa esteja ali, sob a ótica profissional, explicando o que ela faz, qual sua história, seus principais dados. Se ainda não é frequente, não demorará para que consumidores passem a buscar as empresas no Linkedin para entender quem elas são e até mesmo saber se seu discurso é coerente.

Redes Sociais e Lojas Virtuais – parte 4/4
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)