Meios de Pagamento no Magento - imagem: Paper Boat Creative/LifesizeConfesso! Eu acho que o título desse post não reflete bem o que eu vou escrever aqui, mas é o mais próximo do que eu quero comentar e discutir: as dificuldades em se encontrar meios de pagamento para Magento no Brasil. Eles existem, em suas mais diversas formas (intermediários ou facilitadores, gateways, conexões diretas), mas a sensação que eu tenho é de que ainda falta um longo caminho para que eles sejam completos e ajam ativamente na promoção de mais vendas para as lojas que os utilizam.

Na semana passada, eu fiz um webinar sobre meios de pagamento e um dos tópicos era justamente o desafio que ainda temos pela frente. Há muitos módulos mal escritos, com falhas ou feitos pela metade, que acabam por trazer potenciais problemas para a loja ou deixam de oferecer ferramentas essenciais para o lojista vender mais. Porém, o que detonou a confecção desse post foi uma reunião que a Akatus – um meio de pagamento no Brasil – fez 15 dias atrás no escritório deles em São Paulo.

Eu conheço o pessoal da Akatus há pouco tempo – o próprio módulo de integração com o Magento atingiu “a maturidade” apenas recentemente – mas a impressão que sempre me passaram é de estarem comprometidos com o Magento. O motivo do café da manhã foi colocar o time de desenvolvimento deles em contato com outros desenvolvedores, lojistas e especialistas em Magento (como eu, é claro!). Se eu sempre defendi esse tipo de iniciativa, depois dessa experiência, só tenho boas coisas a comentar.

Há uma série de pequenas coisas, pequenos detalhes, que passam despercebidos para os desenvolvedores (e até mesmo para os lojistas), mas que serão percebidos pelo consumidor, pelo cliente, no momento mais crítico: a compra! Uma das grandes falhas dos módulos de pagamento que eu tenho revisado é que eles foram pensados apenas na parte do checkout, apenas naquela tela em que o cliente digitará os dados do cartão de crédito ou selecionará o boleto. Mas o meio de pagamento é muito mais do que isso, ele está presente em toda a loja virtual.

Quantas lojas no Brasil (só no Brasil, pois parcelamento é algo exclusivo do Brasil) exibem as parcelas na página do produto? Não são muitas e quando exibem valeram-se de hacks que simplesmente pegam o preço, colocam os juros e dividem pelo número de parcelas, muitas vezes em hard code, sem opção de mudar no painel. Essa função é algo que deve vir do meio de pagamento, pois lá já foram cadastradas as opções de parcelamento. Mais do que isso, é preciso dar a opção para o lojista exibir ou não essa informação na página do produto.

Outra coisa que sempre dá problema é o envio dos dados dos clientes pro meio de pagamento. O Magento não traz nativamente máscaras de CEP ou telefone, bem como não tem campos específicos para número ou complemento. Alguns meios de pagamento que fizeram essa modificação fizeram pela metade e com isso se o cliente se cadastra pelo checkout, os dados são informados de um jeito; se ele se cadastra pelo “novo cadastro”, os campos são outros. Indo além, se o lojista cadastrar o cliente pelo painel, aí uma terceira forma de cadastro é dada. A consistência dos dados ficou totalmente comprometida.

De um modo geral, o que eu posso dizer é: gostei muito da iniciativa da Akatus e assino embaixo. Houveram várias discussões e várias ideias que quando forem colocadas em prática poderão ajudar bastante o mercado de Magento no Brasil. Você vê os próximos capítulos aqui no blog!

Meios de pagamento no Magento
1 voto, 4.00 média (82% pontuação)