Negócios e Software Livre  no Tchelinux Porto Alegre 2011 - imagem: André GugliottiNesse sábado que passou, além de eu apresentar a palestra “Fazendo Dinheiro com Software Livre – o Magento Commerce“, dentro do Tchelinux Porto Alegre, eu também tive a oportunidade de mediar um debate sobre “Negócios e Software Livre”.

No debate, Vinicius Dittgen, da PROGE, Luis Guaraldo, Douglas Nunes, da DBSeller e Luis Motta, consultor em TIC, apresentaram suas visões sobre a aproximação entre negócios (e portanto, dinheiro, profissionais, relações comerciais) ao mundo do software livre. Pela manhã, o Rainer Krüger, da Maguis e criador do Pandorga, já havia falado sobre o tema, mostrando o quanto o mercado de opensource caminha para softwares abertos e gratuitos, mas que formem negócios ao seu redor, com customização, personalização, treinamento, suporte e manutenção.

Achei bem interessante a discussão que se seguiu. Apesar de a discussão ainda pender pra velha dualidade Windows X Linux, o mito de que não se pode ganhar dinheiro com software cada vez mais é substituído pela ideia de que vale a pena basear negócios em sistemas livres, como o Magento, o OpenERP ou o SugarCRM, pra citar exemplos de softwares baseados na web.

Ainda restam muitas perguntas que ficaram pros próximos debates. É interessante discutir sobre como sustentar o desenvolvimento e a melhoria desses dotwares se não houver uma fonte de receita constante e segura. Também é legal ver como o debate avança quando se cita a questão das licenças: software livre pode ter venda de licenças? Aguardem os próximos capítulos.

Comentários – debate sobre Negócios e Software Livre
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)