A maioria dos lojistas já conhece a ferramenta chamada Google Analytics, um software fornecido gratuitamente pelo próprio Google que permite monitorar as visitas que um site ou loja virtual recebe e extrair uma série longa de dados, de modo que se possa saber quem são os visitantes – não a identidade dos visitantes, mas seu perfil, como cidade de origem, tempo de permanência, número de páginas vistas, etc. Sem o Google Analytics, seria bem difícil traçar estratégias no nível em que fazemos hoje.

Porém, há outra ferramenta muito interessante e que é deixada em segundo plano, o Google Webmaster Tools. Não sei o porquê disso, mas boa parte das lojas nas quais dou consultoria não tem essa ferramenta configurada, o que faz com que tenhamos apenas uma parte dos dados, além de deixar de ganhar pontos importantes na busca do Google.

Google Webmaster Tools - imagem: reprodução

Por que é importante configurar e utilizar o Google Webmaster Tools? A resposta é simples:

  • O principal motivo é que de dois anos pra cá, o Google Analytics não informa mais as palavras-chave que foram utilizadas pelos visitantes para chegar a seu site, conforme suas configurações de privacidade. Isso quer dizer que apenas uma pequena parcela de visitantes permite que a palavra-chave buscada fique visível no Google Analytics e a maioria das visitas será englobada em uma linha onde a palavra-chave aparece como ‘not provided’ ou ‘not set’. Se você não consegue ver essas palavras no Analytics (o que poderia permitir a identificação do usuário), elas estão disponíveis no Webmaster Tools (onde não se consegue identificar o usuário).
  • Além de saber as palavras que geraram cliques para seu site, você tem um relatório mais aprofundado das palavras que exibiram seu site. É possível saber quantas vezes o site foi exibido em um resultado de busca, a posição média e o número de cliques. Você pode inclusive integrar esses dados no Analytics, para visualizá-los em um só lugar.
  • Você pode informar o mapa de seu site para o Google, de modo que o crawler possa receber periodicamente esses dados estruturados, contribuindo para seu índice.
  • Também estão disponíveis dados como links para seu site (que outros sites apontam para você), links internos, além de uma nova aba para avaliar a facilidade de uso em dispositivos móveis. Uma outra seção traz os erros de rastreamento, úteis para localizar conteúdo quebrado em sua loja virtual.
  • Por fim, você pode investigar como está o índice das principais palavras-chave de sua loja e sua relevância, com pesos.

A maioria desses dados pode ser baixada para uma planilha Excel, o que expande as possibilidades de tratamento das informações e avaliação da estratégia. Portanto, se sua loja ainda não tem o Google Webmaster Tools, é fácil abrir sua conta. Basta visitar o site do aplicativo, fazer um cadastro e verificá-lo. Normalmente, você consegue verificar a propriedade usando o mesmo código do Google Analytics já instalado.

Por que utilizar o Google Webmaster Tools?
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)
  • leda

    Muito bom. Tenho acompanhado teu blog e sempre me dá dicas muito úteis.