SEO - imagem: Jamtoons/iStock VectorsA proposta desse blog é focar em Magento, mas não ficar apenas falando de Magento. Infelizmente, nos últimos meses eu não tenho seguido essa proposta e tenho falado demais de Magento. Sempre Magento e acabo esquecendo de falar de outros assuntos como planejamento de lojas, definição de estratégias, escolha de plataformas, etc. Já comecei a corrigir isso e prometo tratar de outros assuntos nos próximos meses. Nesse post, a ideia é falar de otimização de lojas virtuais. Bom, no caso, otimização de lojas virtuais que utilizem Magento, 😀

Já falei outras vezes por aqui que o Magento traz uma preparação nativa para otimização de páginas. Quando se instala o software, ele já traz de maneira nativa uma série de recursos como as meta tags, redirecionamentos de URL e reescritas que deixam seus endereços mais elegantes e amigáveis. Mas o que eu escrevi dois anos atrás continua valendo: o Magento traz as ferramentas, mas cabe a você usá-las de maneira inteligente. Vamos a elas!

1) As meta tags no Magento

As meta tags estão presentes em quase todos os locais do Magento onde se possa inserir conteúdo: páginas de produtos, gerenciamento de categorias, páginas montadas via CMS. O Magento traz uma aba, normalmente chamada de Meta Information,  em que se pode informar manualmente os dados para as tags Title, Description e Keywords. O interessante disso é que se você não quiser, não é necessário preenchê-las sempre já que o Magento preencherá automaticamente com o título da página e um pedaço do conteúdo caso você deixe os campos em branco.

Mas o trabalho sempre será melhor se você preencher essas tags manualmente. Pense nos mecanismos de busca e especialmente nas pessoas que utilizam os mecanismos de busca quando escrever essas entradas. A tag meta description é o texto que aparecerá na maioria dos vezes como a descrição de sua página quando ela for apresentada no Google por exemplo e poderá conter informações relevantes para que o usuário clique em sua página e goste de seu conteúdo.

Você não precisa se preocupar em fazer esse trabalho para todas as páginas, produtos e categorias de sua loja virtual, mas deve cuidar disso ao menos para os 20% mais importantes e mais rentáveis.

2) As palavras-chave

Atualmente, as palavras-chave têm um peso muito pequeno dentro do algoritmo do Google. Isso acontece justamente porque no passado, desenvolvedores mal-intencionados tentavam burlar o ranking inserindo centenas de palavras-chave na tag keywords sem qualquer relação com o conteúdo, apenas na intenção de melhorar seu posicionamento. Se você quiser preencher as palavras-chave, vá em frente pois outros mecanismos de busca como o Bing ainda utilizam essa tag em seus critérios. Ademais, quem sabe o que o Google vai pensar amanhã; vai que eles resolvam voltar a utilizar essa tag em seu algoritmo…

 3) A construção do tema

Códigos-fonte bem construídos são bem vistos pelos mecanismos de busca e isso está diretamente relacionado ao tema no Magento. O tema padrão já traz uma série de métodos que fazem com que seu código seja bem estruturado mas ao cabe ao frontend developer manter essa unidade e prestar atenção quando estiver desenvolvendo seu tema personalizado. Assim, o código continuará seguindo as boas práticas e o Google conseguirá entender melhor seu site e como prêmio posicioná-lo melhor.

4) Utilize a reescrita de URLs

O Magento já traz a reescrita de URLs nativamente, ou seja, se você habilitar a reescrita, ele automaticamente substitui o caminho complicado como /category/78/product/id/82 por /meu-produto.html. Além de ser muito  mais fácil para os humanos lerem, essa construção permite que se coloque o nome do produto na URL o que comprovadamente é um diferencial na hora de se ganhar pontos com os mecanismos de busca. O Magento vai preencher esse campo automaticamente em sua página de produto, mas vale a pena você fazer um trabalho específico com seus produtos campeões de venda, de modo que a URL seja melhor adaptada ao que seus clientes estão procurando no Google.

Fazer otimização dá trabalho, mas eu garanto que vale a pena. Perca um pouco de tempo com isso toda semana e a recompensa será sua loja bem posicionada no Google e muitos clientes vindo até você sem nenhum gasto com aquisição.

Otimização de lojas Magento
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)