fonte: Corbis Images

imagem ilustrativa para post sobre Google - fonte: Corbis Images

Creio que a maior parte das pessoas ainda não se deu conta disso. Embora a frequência com que se questiona o que se deve fazer para que seu site apareça no Google, pouca gente faz efetivamente um trabalho para melhorar seu posicionamento no maior dos buscadores – e mais, melhorar sua encontrabilidade, isto é, usar artifícios para que mais e mais pessoas cheguem até seu site.

Alcançar o topo no Google leva tempo e custa dinheiro. Tempo porque é preciso construir toda uma rede de conteúdo, interna e externa ao seu site, pensando em como este conteúdo pode ser relevante para quem busca. Relevância é uma das palavras: não basta ter conteúdo, é preciso ter conteúdo de qualidade. Dinheiro, porque é preciso ter bons profissionais, investir em publicidade, utilizar boas estratégias, tanto na área técnica, como na área publicitária.

Depois disso tudo, ainda é preciso manter, reciclar, reinventar. E medir! É muito difícil saber se o investimento está dando resultado e o quanto esse resultado viria se não houvesse nenhum esforço de otimização. Na hora que o mercado afunilar, quem souber comprovar sua eficiência terá grandes vantagens.

A mágica da “primeira página no Google”
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)