Dúvidas - imagem: Visage/StockbyteUma das perguntas mais comuns que os leitores e alunos mandam é: “Quanto cobrar por uma loja virtual?”. Essa é uma daquelas perguntas que não tem uma única resposta ou talvez não tenha sequer uma resposta correta. Normalmente, quem está começando no mundo Magento fica completamente perdido em relação aos valores que se pode cobrar para o desenvolvimento e implantação de uma loja virtual feita em Magento. Pra você definir o preço de seus serviços em lojas virtuais, uma sugestão é seguir esses passos.

O primeiro passo é definir o valor da sua hora. Sem o valor hora, não dá pra saber quanto custa o seu serviço. O método mais fácil é definir um valor mensal, o quanto você quer ganhar por mês, fazendo lojas virtuais Magento. Em seguida, é preciso saber quantas horas você pretende dedicar a esse serviço, todos os meses. Se você tem um emprego fixo e desenvolverá lojas nas horas vagas, é preciso ter isso em mente. Por exemplo, você pode definir que quer ganhar R$ 2.000,00 por mês e que vai dedicar 2 horas por dia, cinco dias por semana. Nesse caso, o valor hora é igual a R$ 2.000 / (4 semanas x 5 dias por semana x 2 horas por dia), e portanto igual a R$ 50,00 a hora. Esse valor é a sua remuneração direta, o que tem que ser retirado do trabalho e ficando disponível para suas despesas pessoais.

Em seguida, você deve pensar nas despesas que terá para desenvolver a loja. Você gasta energia elétrica, internet, locação de servidor ou conta no provedor de hospedagem, manutenção do equipamento, atendimento presencial no cliente, telefone. Há uma série de pequenos gastos que, ainda que possam ser incluídos “nas contas da casa” ou que não aconteçam todos os meses, devem ser levados em conta. A melhor forma de chegar a um número razoável para essas despesas é pensar nelas como anuais e depois dividir o valor por 12. Vamos supor que esses gastos fiquem na casa de R$ 1.200,00 por ano, ou seja, R$ 100,00 por mês. Se você trabalhar apenas duas horas por dia com o Magento, terá um acréscimo de R$ 2,50 no valor da sua hora.

Depois disso, você deve pensar em quanto tempo leva para fazer uma loja Magento. Aqui a coisa já não é tão simples, pois há muita variação: uma loja pode ter métodos de pagamento simples ou complexos, um, dois ou dez diferentes métodos; pode usar o Correio ou necessitar de uma transportadora; pode usar um tema básico ou demandar um tema personalizado; pode usar uma VPS pré-configurada ou precisar de um cloud construído do zero; pode usar diferentes módulos e ter diversas funcionalidades. O segredo é montar um pacote básico em que você saiba exatamente quantas horas você gastará para executar e quebrar as funcionalidades extras em horas estimadas. Assim, você saberá que consegue fazer uma loja Magento com determinada lista de funcionalidades em 25 horas, por exemplo. Isso faria com que sua loja Magento tivesse um custo de R$ 1.312,50 – 25 horas x R$ 52,50 a hora.

Detalhe: você só conseguirá saber quanto tempo leva pra fazer uma loja se fizer! Não adianta chutar um número, é preciso praticar antes de começar a vender o serviço. Depois que tiver 5 ou 10 lojas entregues, poderá refinar esse número, deixando sua planilha mais precisa.

A partir do momento em que você sabe quanto tempo gastará no desenvolvimento de uma loja, você pode determinar quantas lojas Magento você conseguirá fazer por mês. Isso resultará na sua capacidade de venda, ou seja, quantos clientes pode atender por mês. Se você gasta 25 horas pra fazer uma loja e seu mês tem 40 horas a capacidade máxima é de 1,6 lojas por mês. Mas – e sempre há um mas – ainda há dois pontos a serem avaliados: o período de garantia e o fundo de reserva.

Não creia que você entregará a loja para o cliente e seu trabalho acabou. Nos primeiros 90 dias, há uma série de correções e melhorias na loja que devem ser contempladas. Essas correções não se referem a mudanças no combinado, mas a coisas que normalmente passam despercebidas no desenvolvimento. Quanto melhor for o desenvolvimento, melhor será o período de garantia, mas ainda assim ele existirá. Você deve reservar um número de horas para isso, por exemplo, mais 10 horas.

Além disso, você precisa compor um fundo de reserva, que servirá basicamente para duas coisas: garantir que você possa devolver o dinheiro de um cliente, em caso de rescisão, e permitir que você assuma eventuais erros de cálculo, como uma loja que utilize mais horas que o planejado e que você precisa contratar desenvolvedores extras. Se essa regrinha fosse seguida, não veríamos tantos casos de desenvolvedores que pegam o dinheiro do cliente e depois não conseguem entregar o serviço, iniciando disputas intermináveis. Portanto, o cálculo dessa loja básica fictícia ficaria assim:

Desenvolvimento da loja 25 horas R$ 1.312,50
Garantia 10 horas R$ 525,00
Valor Parcial 35 horas R$ 1.837,50
Reserva 30% R$ 551,25
Valor Final R$ 2.388,75

 

Se o processo de cálculo de uma loja virtual não é simples, ele também não é complicado. Tenha em mente que esse passo-a-passo foi feito pensando em desenvolvedores autônomos. Se você pensar em empresas e funcionários contratados, os valores são muito maiores, pois deve-se considerar impostos, encargos, lucratividade, etc. O importante disso tudo é: não chute o valor de seu trabalho e seja claro com o cliente na hora de vender seus serviços, para que ele saiba exatamente o que está comprando. Bons negócios!

Quanto cobrar por uma loja Magento?
4 votos, 4.50 média (89% pontuação)
  • Leo

    Boa referência, André. Confesso antecipadamente que não li seu texto inteiro, mas sua soma parece errada. 70h + 30% x 52,50 = R$ 4226,25 e não R$ 2388,75. Também diria que o preço por hora está um pouco abaixo do mercado de freelancer que a média que encontrei foi de R$ 100,00/h. Ainda sim gostei muito do seu método de garantia de 30%. Obrigado.

  • Leo

    Digo, garantia + 30% de reserva.

  • http://www.andregugliotti.com.br/ Andre Gugliotti

    Leo, não são 75 horas de trabalho e sim 35 horas. A terceira linha é apenas a soma das duas linhas anteriores. Em relação ao valor, isso varia muito e o mais importante desse post é: é preciso fazer as contas e não simplesmente chutar um valor qualquer.

  • Leo

    André! Perdão pela minha preguiça de leitura e obrigado por elucidar. Sobre o método, eu mesmo tive um caso assim. O cliente pediu para “só instalar o magento e um tema que ele já tinha comprado”. Calculamos 15h de serviço contando eventuais problemas. O serviço já se arrasta por 4 meses por conta de diversos problemas e já tivemos prejuízo de 150% do valor do job contratando terceiros para solucionar problemas pontuais. Por isso gostei muito da sua sugestão da garantia + reserva. Só não entramos no caso de disputa que descreve no post porque queremos honrar nosso compromisso.

  • http://diego-dev.webflow.io/ Diego Henrique

    Muito bom, obrigado por compartilhar a informação. :)

  • http://diego-dev.webflow.io/ Diego Henrique

    André, desculpe, mas a que se refere o Valor Parcial?

    No mais, obrigado por compartilhar o conhecimento. :)

  • http://www.andregugliotti.com.br/ Andre Gugliotti

    Valor parcial = Desenvolvimento da loja + Garantia.

  • http://diego-dev.webflow.io/ Diego Henrique

    Obrigado. :)

  • Maria Clara Hürner

    Estamos buscando orçamentos de designers para desenvolver uma magento para nossa loja. E-mails para info@thetrendclub.com. Obrigada!

  • Gilberto

    Preciso de um desenvolvedor de uma loja magento. Meu email melvis@melvis.com.br

  • Lex

    Um bom artigo, mas sinceramente, acho uma micharia os valores que você passou.
    Orçou pior que freelancer, sem calcular gastos simples de condução, internet, telefone, suporte, alimentação, impostos caso necessário. Mesmo entregando o sistema cru, sem qualquer cadastro e um tema gratuito simplório acho barato demais. Estamos em 2017, esses dias entreguei um e-commerce completo, com 20 produtos cadastrados, banners muito bem feitos, imagens tratadas, layout próprio, integrações com operadoras de cartão e emissão de boletos, deu um mega trampo, tudo okay! Vendi por 9500 e o cliente pagou sorrindo e ainda fechei um suporte mensal. Ferramentas de vendas precisam ser melhor valorizadas, pois muitas lojas médias vendem 2388 reais em horas e você se mata de estudar pra ganhar nada e os caras ficam ricos em cima do seu trabalho e o developer como sempre desvalorizado. Vamos acordar!