Marcelo Negrini, novo Head de X.Commerce/Magento para o Brasil - imagem: blog.locaweb.com.brCom certeza, você já sabe: a Magento Inc. agora tem um chefe aqui no Brasil. Eu tive a honra de ser o mensageiro para o Brasil dessa grande notícia durante o 1o. Encontro de Magento Commerce, que foi realizado em Porto Alegre, no começo de novembro.

(ok, ok, não deu certo, por culpa desse negócio chamado tecnologia! Eu juro que testei o Skype e as comunicações no auditorio durante a tarde e estava tudo funcionando. Mas é claro, sempre tem que haver uma zebra e na hora que o Marcelo foi entrar ao vivo de San Jose, CA, para ser apresentado ao público gaúcho, o áudio falhou. Acontece, bola pra frente!)

Fiquei sabendo da notícia cerca de uma semana antes do evento e ainda não tive a oportunidade de sentar com ele para conversarmos, mas tenho certeza de que essa nova contratação tem tudo para dar um gás no crescimento do Magento Commerce no Brasil. Aliás, não apenas do Magento, já que o Marcelo é “Head de X.Commerce/Magento”, ou seja, responde pelo desenvolvimento do ecossistema como um todo, a partir do X.Commerce e descendo nos elementos que o compõem, como o próprio Magento, a RedLaser, o PayPal, entre outros.

Eu já adiantei várias das minhas previsões em outros posts, como o “O que esperar do Magento para o Brasil” e “Cresce o número de Certified Partners no Brasil“, então não há muitas novidades realmente a se colocar aqui. Especulava-se sobre qual seria o perfil do novo “executivo-em-chefe” para a filial brasileira e isso foi confirmado: um profissional da área de marketing, que conheça de e-commerce, tenha morado fora do país e traga experiência em grandes empresas, compreendendo o mercado brasileiro e podendo integrá-lo aos planos globais do eBay. Dito e feito!

Porém, pra não deixar o título do post sem resposta: não vai mudar muito em termos de estrutura, mas vai mudar muito em termos de agilidade. Nesse primeiro momento, Marcelo Negrini deve responder sozinho pela Magento Inc., contando com a estrutura já existente do PayPal Brasil. Serão alguns meses de preparação, abertura de mercado, organização de estratégias e definição de ações. Imagino que em um ou dois anos, a Magento Inc. (provavelmente já dentro do que se espera para o X.Commerce) vai poder atuar com mais força (e também com estrutura própria).

Na agilidade é que será vista uma grande diferença. Hoje, os Certified Partners reportam-se direto aos Estados Unidos e tudo que envolve a Magento Inc. é feito por lá. Mesmo para nós que trabalhamos nas “imediações do software”, quase tudo depende de conversas, negociações e definições feitas com os gerentes e diretores em Los Angeles. Não que isso seja um problema – até porque muita coisa seguirá assim – mas atrapalha em termos de agilidade e isso deve ser muito facilitado com a entrada do Marcelo para o time.

Traduzindo em palavras fáceis: podemos esperar a entrada de mais Partners para o ecossistema, com a construção de lojas maiores e a migração de grandes operações nacionais para Magento. Teremos mais eventos que falarão exclusivamente de Magento – com pelo menos um grande evento oficial ainda em 2012 -, além da oferta de cursos da Magento U aqui no Brasil, com instrutores presenciais. É só conferir!

O que muda com a chegada de Marcelo Negrini à Magento Inc.?
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)