Meios de Pagamento no Magento - imagem: Paper Boat Creative/LifesizeUma dúvida muito comum no Magento é como escolher os meios de pagamentos. Hoje já temos diversas opções, para os mais diversos gostos e perfis, mas ainda há muitas questões que podem ser melhor esclarecidas. Quais os diferentes meios de pagamento que podem ser utilizados em lojas virtuais? Quais as diferenças entre eles? Em que situação, cada um deles é mais adequado?

É preciso entender que não existe um melhor método, mas o método mais apropriado para a situação e fase que sua empresa ou loja virtual vivem. Em cada fase, há um método mais apropriado e você deve poder julgar qual escolher. Vamos a elas!

Formas de Pagamento

Existem várias formas de pagamento e todas elas serão dadas pelo modo como o dinheiro vai passar das mãos do consumidor para a mão do lojista. Basicamente, as formas mais comuns são os cartões de crédito (em suas várias bandeiras, como Mastercard, Visa, Diners e American Express) e os cartões de débito (também em suas várias bandeiras). A diferença entre eles é que nos cartões de crédito, você faz o pagamento através da fatura mensal, em uma data fixa no mês, enquanto o cartão de débito retira o dinheiro de sua conta imediatamente, como se fosse um saque.

Além dos cartões, há o boleto bancário, onde o consumidor utiliza o documento para fazer o pagamento via internet banking, caixa eletrônico ou no próprio banco, com compensação dois dias após o do pagamento na maioria dos bancos. Algumas lojas ainda permitem que os clientes façam transferências online, de conta para conta no mesmo banco, façam depósito em conta ou pagamento em dinheiro na entrega ou ainda paguem utilizando o Sedex a cobrar.

Cada uma dessas formas deve estar contemplada em sua loja virtual através da instalação de módulos que serão responsáveis por elas. Por exemplo, o depósito em conta é um módulo nativo do Magento, onde ao final do processo de compra, o consumidor recebe as informações bancárias para depósito. O boleto bancário pode ser disponibilizado por módulo próprio ou então estar disponível dentro dos serviços dos facilitadores ou gateways.

Tipos de métodos de pagamento

Porém, quando se fala em formas de pagamento, é mais comum pensar em métodos de pagamento. São eles que permitirão que seus consumidores utilizem cartões de crédito em sua loja virtual. Pra simplificar, vamos separar os métodos de pagamento em três tipos: facilitadores, gateways e conexão direta.

Facilitadores

Os facilitadores são a base da pirâmide. Facilitadores são empresas que assumem a cobrança de seu cliente em seu lugar. Quando você contrata um facilitador, na verdade está permitindo que ele faça a cobrança e que seu cliente pague para ele, através das formas de pagamento oferecidas pelo facilitador. Toda a transação acontece dentro do ambiente do facilitador e normalmente este garante a transação a partir do momento em que esta é aprovada.

Através de um facilitador, sua loja pode oferecer diversas formas de pagamento, já todos os meios disponíveis no facilitador também estão disponíveis para o seu cliente, como cartões de crédito e débito, transferência bancária, boleto bancário e transferência de saldo da conta do cliente no próprio facilitador. Isso traz uma facilidade ao seu cliente e você não precisa negociar acordos individuais com os diferentes meios de pagamento nem gerenciar cada um individualmente. Apenas um módulo de conexão com a sua loja Magento é instalado e o gerenciamento dos pagamentos é feito em um único painel, independente do método de pagamento escolhido pelo cliente.

Vantagens: facilidade de uso, maior quantidade de meios de pagamento oferecidos, menor esforço de manutenção, alguns métodos oferecem garantia de recebimento

Desvantagens: custo elevado, dependência de uma única empresa, reprovação de vendas

Alguns facilitadores: PayPal, PagSeguro, Moip, MercadoPago, Bcash

Gateways

Já os gateways são empresas que fazem a ponte entre sua loja e as operadoras de pagamentos. Ao invés de processarem sua venda e cobrarem seu cliente, os gateways centralizam a conexão de sua loja virtual com empresas como Cielo e Redecard, além dos bancos, e facilitam essa ponte, uma vez que só é preciso lidar com uma empresa quando se fala de módulos e conexões. Você cobra seu cliente utilizando sua conta na operadora de pagamento e é cobrado conforme as taxas normais de seu contrato com a operadora. Adicionalmente, o gateway cobra uma taxa extra, normalmente fixa e pré-paga, comprada em pacotes de transações.

Vantagens: facilidade de uso, menor esforço de manutenção, centralização da conexão com as operadoras de pagamento em uma única empresa

Desvantagens: custo extra ao das operadoras, dependência de uma única empresa

Alguns gateways: Allpago, Maxipago, iPagare, Mundipagg, SuperPay

Conexão Direta

A conexão direta consiste em processar os pagamentos via cartões de crédito e débito de sua loja virtual diretamente com as operadoras de pagamento. Isso é feito através da instalação de um módulo que fará a conexão com determinada operadora de pagamento, de forma que os dados de cobrança do consumidor sejam enviados para ela, processem o recebimento e devolvam uma informação de autorização ou recusa.

Apesar de tecnicamente ser o método de menor custo por transação, pois não envolve os custos de processamento da transação e o lojista paga apenas a porcentagem regular do cartão de crédito, esse é o método mais complicado de ser implantado, pois depende de módulos específicos por operadora e todo um processo de homologação, além de ser o mais caro de se manter no dia-a-dia, pois é preciso ter suporte, interno ou externo à empresa, para o caso de falhas ou mudanças inesperadas no processo.

Vantagens: ausência de intermediários no processamento dos pagamentos, menores custos por transação

Desvantagens: maiores custos para manutenção, necessidade de um módulo por método de pagamento, menor oferta de módulos no mercado

Fornecedores de módulos: Cerebrum, módulos opensource disponíveis no mercado

Como escolher formas e métodos de pagamento?

Escolhas - David Malan/Digital VisionNovamente: não há uma escolha certa ou errada quando se fala de formas e métodos de pagamento. Cada negócio é único e tem suas particularidades e elas devem ser levadas em conta quando se fala de meios de pagamento. A transferência bancária está caindo em desuso, mas pode ser necessária caso o seu mercado não trabalhe com cartões de crédito, por exemplo, e já tenham um relacionamento com sua empresa. O pagamento em dinheiro na retirada também pode ser uma necessidade no caso de compras de pequeno valor. Antes de definir quais formas de pagamento estarão disponíveis em sua loja, é preciso avaliar como seus consumidores estão dispostos a pagar pelo que compram.

Em relação às formas mais comuns, a escolha recai sobre facilitadores, gateway ou conexão direta. Não há uma regra, mas na maioria dos casos, sua escolha será feita segundo esses parâmetros:

a) facilitadores – empresas nascentes, de pequeno porte, que tem baixo volume de investimento e que ainda precisam testar o mercado, com baixo volume de vendas mensal. O time é pequeno e a facilidade vem antes do valor gastos com as taxas. Vale a pena corroer parte do lucro mas deixar de ter um gasto inicial alto.

b) gateways – empresas de pequeno e médio porte, com um volume não muito alto de vendas mensais, onde o valor extra gasto com as transações compensa a ausência de um técnico dedicado à loja (e portanto, pronto para solucionar problemas com os métodos de pagamento).

c) conexão direta – empresas de médio e grande porte, que podem investir valores mais altos para a implantação do modelo e tem como manter um time pronto para solucionar problemas que ocorrerem na conexão entre a loja e os métodos de pagamento.

A adoção por um dos modelos não é definitiva e nem impede que eles coexistam. Empresas grandes podem adotar um facilitador de pagamento como uma opção extra para seus consumidores, assim como empresas de médio porte podem ter conexão direta com uma operadora de cartões de crédito e o gateway para processamento de operações de débito. Lembre-se: você é quem pode decidir o melhor modelo com base em seu negócio.

Meios de pagamento no Magento
5 votos, 4.20 média (84% pontuação)
  • Francisco Prado Rodrigues

    Muito útil o post, parabéns e obrigado

  • Pingback: Escolhendo os meios de pagamento para sua loja Magento | eCommerce com Magento()

  • Davi Assumpção

    Arrebentou André ! Muito bom…. quando haverá algum evento seu em Belo Horizonte?

  • http://www.andregugliotti.com.br/ Andre Gugliotti

    Davi, eu não pretendo realizar nenhum evento em BH neste ano. De todo modo, sei que houve um evento por aí, organizado por uma empresa local.

  • Christian Rodrigo Ribeiro Roch

    Boa tarde, no caso das lojas virtuais, tem como gerar boleto com registro na loja magento?

  • http://www.andregugliotti.com.br/ Andre Gugliotti

    Não conheço módulo para isso e recomendo usar os facilitadores de pagamento que têm tido taxas melhores que as dos bancos (ainda que o dinheiro fique preso alguns dias por lá).

  • http://www.sevira.com.br Fabio Branco Da Silva

    Olá, gostaria de saber se há possibilidade de gerar pins para produtos e permitir as pessoas a retirarem produtos apenas apresentando um pin que ela conseguiu na loja, tem alguma plataforma de ecommerce que faz isso?