Mastering Magento, por Bret Williams - imagem: AmazonEnquanto eu estava escrevendo o livro “Lojas Virtuais com Magento”, uma das tarefas era revisar tudo que já foi escrito sobre Magento pelo mundo. Nesse caso, pelo mundo mesmo, já que eu tive a oportunidade de escrever o primeiro livro original em português sobre Magento.

Antes disso, eu já havia lido dois ou três livros sobre a plataforma, mas não poderia falar sobre o assunto sem ter uma visão mais ampla sobre o que os outros autores estava escrevendo. Boa parte dos livros que eu li nessa revisão (cerca de dez livros) faziam a mesma abordagem e falavam sobre as mesmas coisas. Mesmo quando um livro era focado em um determinado tema, ele acabava falando de instalação, configuração, catálogo e assim por diante. Eu confesso que fiquei em dúvida sobre como abordaria os tópicos – alvo de diversas conversas com meu editor na Novatec, Rubens Prates – e no final optei por manter uma linha abrangente no primeiro trabalho.

O melhor livro de Magento que eu li porém foi justamente o último da revisão: Mastering Magento, de Bret Williams. Ele não é voltado pra quem está começando no Magento, pois não traz os itens básicos – que você encontra em todos os outros livros, inclusive no meu. Livre dessa obrigação, Bret Williams pode passar por cima das coisas básicas e focar em itens que não são contados em nenhum outro lugar. Muitos dos tópicos eu aprendi durante a minha caminhada no Magento ou no curso de Engenheiro Comercial, em Paris, mas alguns deles realmente foram novidades para mim, como por exemplo, a forma como o Magento trata os índices. Esses tópicos são obscuros para 90% dos profissionais que trabalham com a plataforma e acabam por despertar sua curiosidade e a vontade de sair aplicando a teoria na mesma hora.

O livro passa por todas as áreas: planejamento, escolha e otimização de servidores, construção de catálogos, utilização de temas, vendas. O grande diferencial é que ele não passa pelo básico desses tópicos, mas foca justamente no nível intermediário, realçando pontos esquecidos no dia-a-dia e que são subaproveitados no Magento justamente por desconhecimento. Há uma série de funções renegadas no Magento (sim, essa é a palavra que eu atribuo) e que poderiam fazer lojas virtuais que utilizam o software vender mais e render mais, poupando cabelos dos lojistas e desenvolvedores.

Eu realmente recomendo o livro para quem já tem uma base no Magento e quer dar o próximo passo. O material é ótimo para montar um caminho padronizado e formalizar os métodos de trabalho que todo desenvolvedor, designer e lojista devem ter para fazer de suas lojas um verdadeiro sucesso.

Livro “Mastering Magento”, por Bret Williams
2 votos, 5.00 média (95% pontuação)