Já devo ter escrito pelo menos uma meia dúzia de vezes sobre como é possível estudar Magento. O tempo passa, o tempo voa e o assunto campeão nos e-mails que recebo é sempre esse: “quero começar a trabalhar com Magento, mas não sei como. Você pode me dizer qual é a maneira mais fácil de estudar Magento?”.

Não há uma maneira pois cada um tem a sua. Infelizmente, nenhuma delas é rápida e fácil, pois o Magento ainda é complicado de se compreender mesmo depois de seis anos de seu lançamento. Alguns bugs “genéticos” ainda tiram o sono e confundem os desenvolvedores e a ausência de funções básicas, especialmente no que se refere ao mercado brasileiro é uma constante dor de cabeça. Mesmo assim, vale a pena pois o Magento ainda terá fôlego por mais alguns anos.

Se você quer saber como estudar Magento, um possível caminho é esse. Lembre-se, você pode adotar as opções que achar mais conveniente.

Comece pelos livros de Magento. Até pouco mais de um ano atrás, não haviam livros em português que tratassem do Magento. Isso começou a mudar quando lancei o livro Lojas Virtuais com Magento, pela Novatec, tratando da instalação e planejamento de uma loja Magento, além de alguns conceitos básicos na área de temas e módulos. Nesse ano, foi a vez de Temas em Magento, que permite que o desenvolvedor iniciante compreenda o funcionamento e monte um tema em Magento conforme as boas práticas.

Além desses livros, há uma série de outros livros em inglês, disponíveis na Amazon. Se você já conhece o Magento, recomendo o livro Mastering Magento, de Bret Williams (leia a resenha do livro no link). Na Amazon, há livros para quem é iniciante e intermediário, tratando sobre assuntos como temas, módulos, instalação e gestão de lojas Magento, tanto em livros em papel como versões para o Kindle.

Para se aprimorar, utilize os diversos tutoriais de Magento que existem na internet. Como o Magento tem uma comunidade grande, diversas pessoas fizeram tutoriais em texto e em vídeo e disponibilizaram em seus sites ou em fóruns. Normalmente, os tutoriais são básicos ou específicos, mas podem te ajudar bastante pois fornecem um passo-a-passo com detalhes, ajudando a compreender diversas funcionalidades da plataforma.

Da mesma forma, há muitos fóruns específicos para o Magento e a plataforma é assunto recorrente em fóruns de software livre e PHP pelo mundo. Só recomendo que não saia postando suas dúvidas sem refletir ou ao menos fazer uma pesquisa antes. A maior parte das dúvidas básicas já está respondida em algum lugar e uma pesquisa no Google evitará que você passe vergonha perguntando algo que todo mundo já sabe.

Além disso, você pode buscar por cursos de Magento. Se você fizer uma busca por cursos de Magento, encontrará algumas opções, gratuitas e pagas. É verdade que tem muito lixo por aí – sim, infelizmente o termo é esse, pois já vi várias bobagens em cursos online, que se o lojista seguir sem pensar, enfrentará problemas – mas se você souber filtrar o conteúdo, poderá aprender bastante com esses cursos e acelerar sua caminhada.

No ano passado, gravei seis cursos em vídeo-aulas, abordando desde o planejamento da loja virtual até a construção de temas para Magento. Esses cursos são apresentados em aulas de 45 minutos e têm preços acessíveis, podendo ser adquiridos em www.cursosdemagento.com.br. Há também um curso muito interessante, sobre desenvolvimento em Magento, disponível no site da própria Magento. Esse curso foi gravado pelo Ben Marks e é gratuito.

Não se prenda ao Magento já que a plataforma é baseada em PHP, MySQL e XML, além é claro do HTML e CSS convencionais. Entender essas outras linguagens será essencial se você quiser sair do básico.

Por fim, busque a certificação em Magento. Quando você já estiver craque na plataforma, escolha uma carreira – Developer ou Frontend Developer e teste seus conhecimentos. Será a melhor recompensa para um estudo árduo e a forma de mostrar ao mercado que você atingiu seu objetivo. Bons estudos.

Como estudar Magento?
1 voto, 5.00 média (92% pontuação)