catálogos de produtos - imagem: Jonathan Kitchen/DigitalVisionEssa é a pergunta de um milhão de dólares: como organizar os meus produtos de modo a ter um catálogo de qualidade, com produtos bem organizados, atraentes e fáceis de serem localizados pelo cliente? E a resposta de um milhão de dólares não virá nesse post porque ela não é única. Não há uma forma única de organizar seus produtos e fazer com que eles apareçam da melhor forma para o cliente.

Mas certamente, há várias maneiras de se montar sua loja virtual, de modo que ela seja fácil de navegar, com os produtos à mão e em um modo em que o cliente precise o mínimo da sua interferência. Lembre-se: em uma loja virtual não há vendedor para guiá-lo ou estimulá-lo a comprar; todo esse processo precisar ser pensado na estrutura e organização da loja e apenas complementado por banners, menus e atendimentos online.

Então, já que não há uma resposta certa, é possível pelo menos listar boas práticas que farão com que seu catálogo de produtos seja amigável para o seu cliente e faça com que ele compre ainda mais.

 1) comece separando seus produtos em grupos, com atributos específicos

Atributos são cada uma das características que compõem um produto. Ou seja, um celular tem características diferentes de um fogão e portanto eles têm que estar em grupos diferentes. Separe o seu catálogo em grupos de produtos que guardem semelhança entre si e não se preocupe se você tiver 10 ou 20 grupos de atributos para um catálogo de 100 produtos.

O Magento já tem os atributos e os grupos de atributos nativamente. Vá além dos atributos de sistema e do grupo Default e crie os seus atributos e grupos de atributos.

2) separe seus produtos em grupos de consumo

Pra quem não lembra, eu falei bastante disso na série “Como montar sua loja virtual antes do Natal“. Pense em produtos que podem ser consumidos em conjunto e procure criar seus relacionamentos; essa é a maneira como você conseguirá vender mais produtos ao mesmo cliente e os supermercados já descobriram isso há tempos quando juntaram tudo que se refere a churrasco no mesmo lugar.

Relacione seus produtos usando as três opções que vêm por padrão no Magento: produtos relacionados, vendas agregadas e vendas cruzadas.

3) invista em conteúdo para seus produtos

Acho que de todas as dicas que estão aqui, essa é a mais importante. Não adianta nada ter um catálogo estruturado se seus produtos não tiverem um conteúdo de qualidade. Isso significa que você deve investir em um texto que descreva bem seu produto, apresentando suas funcionalidades, em português claro (não é em inglês, nem em tecniquês). Deve ter uma descrição resumida que possa chamar a atenção do cliente e esclarecer os pontos principais. Deve ter imagens de qualidade, que mostrem os detalhes do produto e que tenham boa resolução. Deve agregar um vídeo mostrando como utilizar o produto. Deve ter comentários e revisões de clientes.

Essa é a parte mais difícil do processo, mas a que mais vale a pena. Invista em conteúdo de qualidade para seus produtos e eu prometo que você não vai se arrepender. As visitas virão!

4) organize a navegação entre as categorias

Quer coisa mais chata que ficar rodando entre as categorias de uma loja virtual, passeando pelos menus sem nunca encontrar o que você procura (ok, tem coisa mais chata, que é uma busca que não funciona). A melhor forma de você organizar suas categorias é manter apenas uma linha de texto na exibição dos “departamentos” (as categorias principais) e apenas um nível nas “categorias” (as sub-categorias). A partir dali o cliente deve conseguir achar o produto que deseja usando os filtros na lateral (aquilo que no Magento é conhecido como navegação em camadas ou layered navigation).

5) utilize uma busca de qualidade

A busca interna do site é 90% do trabalho de quem está procurando produtos em seu site. Coloque a caixa de busca em um lugar visível mas sem exagerar e exiba os resultados em uma forma organizada, com a possibilidade de filtragem. Dê também a opção de busca avançada, onde o cliente pode escolher os elementos que deseja usar para guiar a busca.

O Magento é uma das plataformas que exibe relatórios de utilização do mecanismo de busca e também permite configurar sinônimos. Fique atento ao que o seu cliente está buscando e facilite sua vida.

Se você conseguir cumprir 4 desses itens, seu catálogo de produtos já será muito bom. Se você quer atingir a nota 10, então além dos cinco itens acima invista também em conteúdo de qualidade para as páginas que falam de sua empresa. Para que um cliente compre de você, ele precisa saber quem você é e ter certeza de que sua empresa existe e é uma boa empresa.

Como construir catálogos de produtos de qualidade?
7 votos, 4.86 média (95% pontuação)