Certificações em Magento - imagem: Mark Scott/Photographer's ChoiceDesde que eu lancei esse blog, quase três anos atrás que o assunto certificação em Magento é recorrente, assim como o assunto profissionais em Magento é tema dominante. Talvez pela falta de uma condução mais ativa da própria Magento Inc. no processo e pela falta de cursos que possam formar profissionais Magento, a mão-de-obra pra trabalhar com a plataforma é escassa e de qualidade inconstante.

Depois de um 2012 em que foram lançadas as certificações para desenvolvedores – a Magento Developer Certified e a Magento Developer Certified Plus -, o ano de 2013 parece que será de avanços mais significativos. Apesar de o site oficial das certificações não fazer mais menção às duas outras áreas de certificação, há indícios de que elas serão retomadas em breve.

Quando a Magento começou a falar das certificações, a ideia era dividi-las em três grupos: os Developers, que são os responsáveis pela codificação do Magento, fazendo os módulos; os Designers, que cuidam da parte visual da loja, trabalhando na construção dos temas; e por fim, os Business (Analysts), as pessoas responsáveis pelo planejamento e gestão da loja em seu dia-a-dia. Como o mercado de desenvolvedores é mais maduro que os outros dois, a certificação para esse grupo saiu primeiro.

Já falei várias que não julgo as pessoas pela certificação ou pelo diploma, mas um mercado sem regras, uma certificação séria tem poder de ajudar na separação entre o joio e o trigo. Eu tive essa experiência logo após me certificar em Google Adwords, tornando-me um Google Adwords Professional. Como o mercado é concorrido, passar por uma prova feita pelo próprio Google ajuda a se diferenciar. Com a minha certificação extra-oficial em Magento, foi um pouco diferente: eu fui até Paris fazer o curso de Ingénieur Comercial, na eCommerce Academy, pela possibilidade de ter contato com professores muito experientes na área, que tem habilidades específicas no software e puderem me dar vários direcionamentos. De qualquer forma, ter a certificação do curso, por uma escola conceituada, também vem fazendo a diferença na minha carreira.

De um modo geral, eu defendo a certificação com forma de orientar o mercado e basear as exigências e os padrões de trabalho. O Magento é repleto de regras e modos e quando essas regras são ignoradas, a loja virtual entra em parafuso e a salvação é quase impossível. Mais e mais profissionais capacitados e certificados vão fazer com que o mercado cresça, seja melhor e muito mais estável.

Ah, em tempo: enquanto o Brasil tem 7 profissionais certificados e apenas um Plus, a Bielorússia tem 28 profissionais, com seis Developer Plus. Isso tudo em um país que é menor que o Rio Grande do Sul.

Certificações no Magento
2 votos, 4.50 média (88% pontuação)