Participo de uma lista de e-mails sobre Web Analytics, no Yahoo Groups, e hoje surgiu uma discussão interessante sobre o poder das redes sociais na formação de opinião dos consumidores. Apesar de muita gente dizer que domina e compreende totalmente esse assunto, ainda há muito o que experimentar. Dez anos é muito pouco para se ter a real dimensão de como as redes sociais transformaram (ou transformarão) a nossa sociedade.

Como eu digo, o que você fala na internet não é mais seu. Passa a ser público. Verificando como anda a minha presença online percebi que a minha palestra sobre Magento já foi incorporada em dois ou três sites e que eles aparecem na busca do Google bem próximos aos resultados oficiais (no caso, o canal oficial da Hydra Studio no YouTube).

Suas fotos não são mais suas, elas podem ser modificadas e alteradas, usadas em fins diversos. Seus textos não são mais seus e uma palavra errada pode causar uma revolução. Sua marca não é mais sua. Ou pelo menos não totalmente, pois um pequeno esforço de clientes insatisfeitos pode arruinar seu negócio se você não for ágil o suficiente para contra-atacar e mostrar o seu lado na história (e principalmente solucionar os problemas se realmente tiver culpa).

Na hora que comecei a ler o primeiro e-mail na lista me lembrei do caso do Dave Caroll, e sua guitarra quebrada pela United Airlines, que virou música e viral. Logo depois um membro da lista postou o link para uma versão do vídeo “United breaks guitars” com as legendas em português:

Não sei qual foi o prejuízo, nem quantas pessoas deixaram de voar pela United, mas com certeza muitas pessoas quando voares em seus aviões vão se lembrar desse episódio. Se isso acontecesse com sua empresa você estaria preparado para dar uma solução rápida?

United breaks guitars
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)