Lojas Virtuais - fonte: www.acambiode.comMuita gente ainda cai nesse mesmo erro – e depois se questiona por que a loja não vende ou as vendas dão problemas. Lojas virtuais precisam ser completas, precisam ter um nível de detalhamento muito maior que uma loja física. Isso é fácil de perceber, pois ao comprar pela internet muitas vezes você não vê o produto, não conhece o produto e não consegue estabelecer uma base correta de comparação e, então, em cima disso, definir quais são suas expectativas.

Se alguém não consegue entender um produto, ele não compra (ou compra uma quantidade menor, a fim de diminuir o risco). Se comprar e o produto não era o que ele imaginava, a frustração é certa e o impacto negativo pra loja também.

Por isso, lojas virtuais precisam ser o mais completas possíveis. Esqueça a velha história de que não se pode dar muitos detalhes pra que a concorrência não descubra. Não é pra concorrência que você vende seu produto, mas sim para clientes que querem ter certeza do que estão comprando e do que terão em mãos ao receber a entrega. As dicas são muitas e espalhadas por diferentes sites. Vou tentar resumir naquelas que eu acho as principais:

  • capriche nas imagens! Capriche mesmo! Já falei várias vezes aqui e vou falar de novo agora e sempre: apesar de as máquinas atuais terem boa resolução, elas não substituem o trabalho de um fotógrafo profissional, em um estúdio fotográfico ou na locação certa, com os modelos certos. Boas imagens do seu produto serão o melhor dos argumentos na hora da decisão do cliente e portanto, vale a pena investir nelas
  • disponibilize meios do cliente dimensionar o que ele está comprando: nas imagens coloque elementos cujos tamanhos sejam conhecidos e especifique todas as medidas necessárias no conteúdo. Isso é essencial em caso de móveis e eletrodomésticos, por exemplo
  • monte conteúdo de qualidade para a página do produto: além de ser uma excelente arma para melhorar o posicionamento nos mecanismos de busca, o cliente que quiser mais detalhes sobre seu produto terá tudo à mão e poupará perguntas desnecessárias (e grandes chances de erros na comunicação). Invista em textos de qualidade, apresentando o produto e dando exemplos práticos de como ele pode ser utilizado no dia-a-dia do cliente
  • divida o conteúdo em duas partes: no alto da página, um resumo com as informações essenciais e q não levem mais q 20 segundos para serem lidas. Mais abaixo, coloque todas as informações necessárias para sanar as potenciais dúvidas dos clientes e um meio de contato para esclarecer o que ainda não tenha sido respondido
  • não polua as páginas com promoções e informações desnecessárias: o que mais vemos por aí são páginas com visual carregado, cheias de conteúdo que não tem nada a ver com o produto que estamos buscando, na esperança de agarrar o cliente. Em vez disso, os bons mecanismos de lojas virtuais têm ferramentas para apresentar apenas os produtos com maior chance de vendas casadas. Estude seu cliente, veja qual é sua rotina de compra e coloque na página do produto apenas aquilo que você tem chance de vender em conjunto
  • estimule seus clientes a comentar a experiência de compra. Não tenha medo de comentários negativos, pois eles acontecem e são importantes na decisão de compra. Incentive os comentários e publique os melhores em destaque, pois eles serão fundamentais na construção da reputação da sua loja
  • quando possível, dê uma amostra do produto para o seu cliente. A Amazon faz isso muito bem quando permite que se folheie os livros, olhando o índice e alguns trechos, às vezes até mesmo um capítulo inteiro. Se uma amostra não é possível, que tal fazer um vídeo demonstrativo do produto em uso, em uma situação cotidiana?
  • por fim, mantenha sua loja atualizada: mesmo que o produto não tenha tido nenhuma modificação nos últimos dez anos, sempre há um jeito novo de se mostrar o que se está vendendo

Há muitas outras dicas, mas não vou estender esse post. E você, quais as suas dicas para deixar uma loja virtual mais eficiente e funcional?

Lojas virtuais precisam ser completas e funcionais
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)