Nós Coworking - imagem: divulgaçãoDepois de longos anos trabalhando como autônomo, eu percebi que não dava mais pra seguir sozinho e dei o passo que estava adiando há tempos: transformar a Gugliotti Consulting em uma empresa. E a empresa já nasce com grandes responsabilidades, respondendo pelos clientes de consultoria em Magento Commerce, treinamentos e cursos, além da organização do Bargento Brasil.

O time ainda é bem pequeno (começamos com três pessoas, ainda trabalhando remotamente, ainda em estágio de aprendizado, mas em breve seremos muitos) e desde o começo, já estamos estruturando uma empresa com a cultura de dedicação e compromisso com o cliente, aberta ao novo e buscando sempre pensar fora da caixa. E foi justamente isso que me levou a uma dúvida: onde sediar a empresa? A minha primeira opção seria montar um escritório (e com isso, arcar com todos os gastos que isso traz, mortais para uma empresa iniciante), a segunda opção seria continuar trabalhando em casa (e manter a equipe toda remota, uma opção que não me agrada), a terceira seria buscar uma incubadora (uma ideia interessante, mas que não vingou).

Alguns amigos já haviam me falado do Nós Coworking e de como era interessante o espaço onde profissionais liberais podem trabalhar, pagando apenas as horas que utilizam. Do primeiro contato por e-mail até a decisão não passou uma semana. Como eu prometi no começo do ano, vou contar um pouco das razões que me levaram a decidir basear a Gugliotti Consulting no Nós Coworking e porque, se você é um profissional liberal ou micro empresa, você também deve considerar vincular-se a um espaço colaborativo.

Eu trabalho em esquema de home-office desde 2004 e isso é algo que requer muita disciplina e dedicação, pois a chance de se distrair é grande e a falta de contato com outros profissionais pode fazer com que suas ideias murchem, pela pouca troca de experiências no dia-a-dia. Não sou contra o trabalho remoto, mas aprendi que isso não pode ser uma eterna rotina; algumas vezes no mês ou mesmo na semana, o time tem que ter contato e trocar experiências. Assim, o espaço localizado no Shopping Total, no coração de Porto Alegre, será a nossa base, enquanto desenvolvemos nossa musculatura.

O que eu achei interessante no Nós Coworking é que você pode utilizar o espaço pagando por hora e ainda com créditos pré-pagos: você carrega um valor estipulado e quando usar o espaço, paga; quando não usar, não paga. O espaço tem a estrutura mínima, com mesas, cadeiras, internet, café, o que significa que você só precisa levar seu notebook e começar a trabalhar, dividindo o espaço com outros profissionais na mesma situação que você. À disposição, você ainda tem três salas de reunião, com capacidade entre 4 e 10 pessoas, pra que você possa reunir o time ou receber clientes sem atrapalhar os demais.

Porém, onde mais se ganha é no relacionamento: não tenho o número exato, mas o Nós está com mais de 100 profissionais liberais e micro empresas  entre seus clientes, em diversas áreas. Empresas que podem fazer negócios entre si e crescer juntas, quer ambiente melhor que esse?

Falando um pouco sobre o Nós Coworking
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)