Essa é uma época do ano em que tradicionalmente quem trabalha com lojas virtuais tem muito serviço. Talvez, nessa época (metade de julho, agosto, até o começo de setembro), as pessoas começam a perceber que o ano já passou da metade e elas ainda estão longe daquilo que pensavam atingir em 2014. Elas começam a perceber que se não mudarem alguma coisa, mais um ano se passará sem que elas tenham atingido suas metas. Com isso, começa a dar desespero e somos forçados a nos mexer.

Há uma outra possibilidade: as pessoas começam a perceber que o ano está acabando e precisam fazer algo diferente em 2015. Portanto, a hora de começar é agora, devem se preparar ainda em 2014 para que o novo ano seja diferente. Infelizmente, esse caso é minoria, em um país dominado pelo “não faça hoje o que você pode fazer amanhã”.

Seja qual for a sua situação, se você quer ter uma loja virtual ainda nesse ano, não pode mais postergar: se você não iniciar a construção de sua loja agora, ela não ficará pronta em condições de aproveitar a melhor época do ano, o Natal.

Milagres são difíceis, mas acontecem. Se você não tem nenhum planejamento, não conhece o mercado, não se preparou, aí um milagre nem é o que você precisa, pois mesmo com ele, você não aproveita o Natal de 2014. Mas se você já tem um pré plano, já estudou o mercado, já tem uma estrutura mínima necessária para trabalhar, você tem sim condições de implantar sua loja já e aproveitar o Natal. Vamos às dicas:

1) Você não tem tempo a perder

Como o tempo é curto, você não pode desperdiçá-lo. Tenha consciência que se você quer ter sua loja pronta e plenamente operacional para o Natal, você tem que estar vendendo no dia 01/12. Você precisa de três a quatro semanas para iniciar o desenvolvimento, uma loja leva de 45 a 60 dias para ficar pronta, mais o período de testes e ajustes. Isto quer dizer que o tempo total fica em torno de três a quatro meses, exatamente o tempo que falta para a data limite.

Se você já está pronto pra começar a mexer em sua loja, faça uma pesquisa entre os principais fornecedores, o que eles oferecem e como trabalham. Converse com os clientes para ver se eles entregam a loja no prazo e quais foram os principais gargalos já que um atraso aqui é fatal.

2) Foque no que é essencial

Não é hora de querer uma loja completa e perfeita. Esse tipo de loja não fica pronto em quatro meses e é trabalho pra um ano. É melhor ter uma loja mais simples e funcional, que permita que você venda seus principais produtos, do que segurar o lançamento para que sua loja vá pro ar completa. É claro que isso não serve se você já tem uma loja virtual, isso vale para quem está começando no mundo online e que, portanto, ainda não tem o canal estabelecido.

Da mesma forma, pense que vale a pena trabalhar com facilitadores de pagamento para garantir agilidade e prevenir fraudes. Ainda que as comissões sejam altas, vale a pena sacrificar parte do lucro para garantir posição e estudar esse novo mercado.

3) Lembre-se que você é o dono da loja

Se você é o dono da loja, você é o responsável pelo sucesso e você é a pessoa que mais vai trabalhar nela. Não acredite que você contratará uma loja virtual e poderá ficar sentado em casa ou no escritório sem fazer nada, apenas esperando o software e o catálogo ficarem prontos. Assuma as rédeas, mantenha reuniões constantes com a equipe, busque novas soluções, entenda o que está acontecendo, conheça seus clientes. Delegar a construção e a gestão da loja para seu time sem participar é a forma mais rápida de quebrar a empresa.

4) Tenha planos de contingência

O final do ano é a época mais complicada para os negócios: a partir de outubro, todos querem resolver seus problemas, fazer a faxina anual, lançar seus novos produtos. Isso se traduz em escassez de recursos e dificuldade para conseguir as coisas necessárias. Não arrisque demais, mantenha as coisas sob controle e tenha planos de contingência. E principalmente, não prometa o que não tenha certeza de que pode entregar.

5) Não deixe pra lançar a loja de uma só vez

Como o prazo é curto, não há espaço para um “soft opening”, em que você vai lançando sua loja aos poucos. Porém isso não significa que você deve lançar a loja em uma só vez. Estruture uma abertura gradual em um prazo de 20 a 30 dias, liberando produtos e fazendo publicidades pontuais, de modo a aumentar o número de clientes online aos poucos e corrigir os defeitos que certamente serão encontrados sem sustos.

6) Não esqueça da publicidade

A última dica é: não esqueça que se você não anunciar, ninguém vai entrar em sua loja. Separe uma verba de marketing e pense em uma verba maior que a habitual, pois no final do ano todos estão anunciando e portanto, anúncios ficam mais caros.

Dica extra: os pontos que eu coloquei nesse post são arriscados, mas se você tiver uma base, certamente valem a pena. Mantenha um planejamento rigoroso e acompanhe o andamento passo a passo. Se você conseguir manter a linha, poderá conquistar mercado e ainda aprender muitas coisas sobre seus clientes na época em que eles estão abertos a comprar.

Se você precisar de planos para desenvolvimento de lojas virtuais em Magento, já com a consultoria incluída, dê uma olhada nas opções oferecidas pela Gugliotti Consulting. Lembre-se: você não tem tempo a perder!

Você quer salvar o ano de sua empresa?
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)