Teste - imagem: Tom Grill

Nos primeiros meses do blog, postei aqui um teste para que você pudesse refletir o que é ser empreendedor. Agora trago novamente esse teste, feito pela Endeavor, um instituto sem fins lucrativos que apoia o empreendedorismo no Brasil e em outros países ao redor do globo, e é bem útil para que você se conheça mais e se prepare para as principais armadilhas que uma nova empresa te trará. Procure responder a cada pergunta da maneira mais sincera e reflita sobre suas respostas.

Por que quer empreender?

A pergunta é abrangente, mas você PRECISA encontrar uma resposta e confrontá-la. Infelizmente, não há alternativa. Se você não souber o motivo pelo qual você quer empreender, pelo qual você deseja abraçar uma nova empresa e construí-la do zero, essa pergunta poderá lhe cobrar mais adiante. Acredite, tudo o que você não precisará é de uma grande dúvida na hora em que as coisas começarem a acontecer de verdade.

Tem certeza que você quer estar nesse empreendimento pelos próximos anos?

Ser empreendedor não é moda, é missão. Não queira empreender apenas porque você quer ser legal e bem visto pelos outros, como alguém de coragem e de vanguarda. Também não tem o glamour que a imprensa passa. Você vai trabalhar mais e terá menos dinheiro. Você terá pouco tempo livre. Suas incertezas serão muito maiores que as certezas. Você pensará em desistir. É isso que você quer? Você quer estar nessa empresa por vários anos ou é apenas uma aventura?

Você conta com o apoio de sua família e amigos?

Essa pergunta pra mim é capisciosa. Ter o apoio da família é fundamental, mas na prática a mentalidade brasileira é que você estaria melhor se prestasse um concurso público. Portanto, avalie bem como será o apoio e até onde você realmente pode contar com eles.

Você geralmente fica no plano das ideias ou colocas as suas em prática? Você gosta de colocar a mão na massa ou prefere que outras pessoas operacionalizem por você?

No começo, você não terá outra opção. Empreendedor é aquele que transforma ideias em realidade. Ainda que você tenha um time para operacionalizar suas ideias, a maioria das ações dependerá de você. Tome consciência de suas atitudes e coloque isso em seu planejamento.

Você gosta de encarar riscos e de ser constantemente desafiado? Você deixaria sua segurança para arriscar uma nova oportunidade? Você consegue medir os risco e tomar decisões difíceis com rapidez? Se as coisas saírem do controle, você tem frieza para administrar a situação?

Empreender é aceitar riscos. É saber lidar com eles. É ir adiante mesmo com os riscos, trabalhando para que eles sejam calculados e minimizados. É tomar decisões rápidas, pois se você demorar para agir (mesmo que o agir seja simplesmente não se mexer), outro agirá e te tirará do jogo.

Se, por qualquer motivo, seu negócio não der certo, você consegue aprender com os erros e tentar novamente?

Outro ponto em que o Brasil é infeliz. Errar é humano e ao empreender, errar é necessário. Não julgue um empreendedor apenas por seus acertos, mas especialmente por seus erros, pois são neles que mais aprendemos.

Você é inspirado por algum empreendedor na mídia ou no seu círculo de amigos ou conhecidos? Você tem por perto algum empreendedor que admira? Ele/ela pode virar seu mentor? O que você pode aprender deste exemplo?

Quem são as pessoas que você admira? Elas são reconhecidas por suas lutas? Como são essas lutas? Quais são seus exemplos?

Quem você conhece que pode ajudá-lo a montar e fazer com que a empresa cresça? Você conhece pessoas que podem auxiliá-lo a atingir suas metas?

Ninguém faz nada sozinho. Você precisará de recursos humanos pra atingir suas metas. Pense em como são essas pessoas, que tipo de gente será fundamental para seu sucesso e como você poderá engajá-las.

Você consegue vender seu sonho para outras pessoas e convencê-las a segui-lo?

Empreender também é a arte de convencer. Se você não puder mostrar pras pessoas que seu sonho vale a pena, ninguém vai acompanhá-lo. Como você fará isso?

Você sabe assumir responsabilidades? Você sabe delegar tarefas? Você valoriza o trabalho dos seus empregados?

Pra completar, você valoriza o trabalho dos outros? Se você não valoriza, como pode esperar que alguém valorize seu próprio trabalho?

Teste para ser empreendedor
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)