Problemas? Oba - imagem: divulgaçãoOutro dia, fui conversar com um parceiro comercial em um café que fica ao lado de uma livraria. E como já comentei algumas vezes, não posso entrar em uma livraria com um cartão de crédito no bolso, porque sem sombra de dúvidas sairei com uma sacola (ou duas, quem sabe) e uma nova conta para pagar. Naquela visita à livraria, saí com quatro livros e um deles era o objeto dessa resenha. Creio que esse seja o primeiro livro do Roberto Shinyashiki que eu leio, apesar de já conhecer o seu trabalho há anos. O título me chamou a atenção já que o que mais temos na vida são problemas.

Problemas? Oba – A revolução para você vencer no mundo dos negócios, não é aquele livro que vai mudar a sua vida e flerta bastante com a fronteira de ser “mais um livro de auto-ajuda” para o mundo empresarial. Muitas coisas que o autor apresenta são óbvias e já deveriam ser de senso comum como “resolver os problemas é uma oportunidade de melhorar-se como profissional” ou “deve-se cortar o mal pela raiz”, porém é válido a partir da proposta do livro.

Não creio que a ideia de Roberto Shinyashiki fosse escrever um livro complexo e destinado a altos executivos, mas sim a um público amplo, com pessoas que tanto estão começando em suas carreiras como profissionais que mergulhados na rotina, esqueceram desses simples preceitos. Acho que nesse ponto, ele cumpre bem seu papel.

Todo profissional (ou a maioria) enfrenta crises em sua carreira: as nossas empresas não são preparadas para se abrirem e deixarem de simplesmente vender um produto ou serviço para entregar valor a seus clientes. Os profissionais começam empolgados e motivados, querendo mudar o mundo, e aos poucos começam a perceber que estão presos em um lugar onde as coisas não mudam e onde as mesmas coisas são feitas ano após ano. Enquanto o mercado está bom, a empresa sobrevive mas na primeira crise, os problemas começam a aparecer.

Então, o livro Problemas? Oba é um bom livro para esses momentos. Ele é interessante para quem precisa resgatar alguns conceitos perdidos e perceber o que vem fazendo de errado. Aliás, a condução do livro é feita justamente em torno de um profissional – amigo do autor – que não entendia porque as coisas não davam certo e que precisava se reinventar. Quem sabe esse profissional não seja nós mesmos, no dia-a-dia de nossas carreiras? Na próxima vez que defrontar-se com um problema, siga o conselho do Shinyashiki e grite “Oba!”.

Livro: Problemas? Oba
1 voto, 4.00 média (82% pontuação)