Chegou mais um Dia das Mães e como está sendo o faturamento de sua loja virtual? Você teve a impressão que mesmo fazendo campanhas específicas, separando produtos para divulgação e criando promoções com descontos agressivos ainda assim sua loja teve um desempenho convencional? Você não está sozinho e a origem dessa sensação tem um nome: falta de planejamento.

Segundo as pesquisas, o Dia das Mães é a maior data de faturamento para o comércio, vendendo até mesmo mais que o Natal. Mas isso não quer dizer que todos os segmentos tenham que vender muito no Dia das Mães ou que o seu faturamento em maio tenha que ser o melhor do ano. Tudo depende do ramo em que você atua e de como seus produtos se encaixam nos desejos de mães em todo o país. Enfim, não dá mais tempo de salvar esse Dia das Mães, mas que tal começar a se preparar para as próximas datas e aprender bastante nesse ano, para realmente ganhar dinheiro em 2015?

Dia das Mães - imagem: Three Images/Digital Vision

1. A data comemorativa começa a ser preparada com meses de antecedência

Não adianta querer começar a preparar suas campanhas de marketing alguns dias antes da data comemorativa. Se você quiser vender mais no Dia das Mães, comece a se preparar em janeiro. Há diversos pontos a serem trabalhados e isso toma tempo. Entre as ações estão a escolha do foco que será dado na campanha – não queira vender de tudo para todos, quem será o público-alvo, que tipo de produtos serão ofertados e quais as vantagens que sua loja virtual vai oferecer aos consumidores.

Portanto, quatro meses antes da data comece a trabalhar esse planejamento e levante tudo aquilo que será necessário para que sua campanha corra bem e traga um melhor retorno.

2. Defina quem será o alvo de sua campanha

Novamente, não queira vender de tudo para todos. Escolha dois ou três segmentos restritos e que se comuniquem, de modo a ter flexibilidade mas ainda assim consiga ter uma unidade em sua comunicação. Por exemplo, tempos atrás, uma loja – que realmente não lembro qual foi – trabalhou os “tipos de mães”. Havia a mãe conectada, a mãe esportista, a mãe tradicional e outras e para cada mãe havia alguns produtos em promoção. Dessa forma, cada segmento podia ter uma comunicação direcionada mas ainda assim a unidade permanecia.

Levante as estatísticas de venda de sua loja, analise os dados do Google Analytics, veja quem são os seus clientes e tente filtrar padrões e grupos. Com sua experiência, você poderá definir quais grupos podem ser trabalhados e qual a melhor forma de abordagem, dando o mote para sua campanha.

3. Prepare os produtos

Se você vai trabalhar forte com seis a dez produtos, eles precisam estar preparados para isso. De que adianta você fazer campanhas e atrair pessoas para essas páginas se elas forem apenas medianas? Então, definidos os produtos, pense em como suas páginas podem ficar melhores. A descrição é a melhor possível? Os textos podem ser reescritos para se adequar à data? É possível colocar fotos diferenciadas? Quais os produtos relacionados a serem trabalhados? Como fazer uma landing page para agrupar esses produtos e oferecer uma experiência melhor para o visitante?

Além disso, você pode tentar negociar com seus fornecedores. Sim, eu sei que isso é difícil, especialmente se você não tiver um volume de vendas que justifique privilégios, mas não custa tentar. Talvez seus fornecedores possam participar dessa ação e oferecer preços melhores em troca de uma maior exibição em seu site e de campanhas que foquem em suas marcas. Como essas negociações levam tempo, é preciso pensar nelas com antecedência.

4. Divulgue sua marca

O maior erro de uma empresa é acreditar que uma vez que os preços estão bons, ela venderá sem esforços. Se sua marca não é conhecida, um preço mais baixo não terá impacto na maioria dos consumidores pois eles vão preferir pagar um pouco mais caro e comprar de uma empresa na qual eles já confiem. Nos meses antes da data comemorativa, invista em campanhas de baixo custo, com o intuito de divulgar sua marca entre o público-alvo. Isso pode ser feito através de anúncios na Rede de Display do Google Adwords, com um orçamento bem razoável e ajudará a gravar sua marca na mente dos consumidores.

5. Intensifique as ações nos dez dias antes da data comemorativa

Infelizmente, os brasileiros deixam tudo para a última hora. Poucas pessoas vão comprar os presentes para suas mães com muita antecedência e você deve estar preparado para trabalhar muito nos dez dias anteriores à data. Por isso, tenha esses tópicos em mente:

a) você precisa reforçar suas campanhas (que já devem ter sido disparadas no mês anterior, mas que agora precisam ter um peso muito maior), investindo em anúncios direcionados, em promoções na loja e em envio de e-mails à sua lista.

b) você deve estar pronto para lidar com um volume maior de pedidos e ter condições de entregá-los.

c) você precisa entregar conteúdo que auxilie os consumidores. Por exemplo, se ele estiver em dúvida sobre qual produto comprar e precisar de tempo para decidir, talvez ele não compre o produto desejado e resolva ir para uma escolha tradicional, como um perfume. Se seus produtos levam o consumidor a precisar de tempo para decidir, você deve dar todo o suporte para que eles decidam já ou perderá o cliente.

6. Aproveite os dias seguintes à data

Por último, nos dias seguintes à data comemorativa, sempre há uma chance de vender um pouco mais. Você não precisa queimar seu estoque, mas é possível trabalhar em campanhas para atrair os retardatários para sua loja. Só tenha cuidado para não se queimar com quem comprou o mesmo produto em sua loja dois ou três dias antes.

Sua loja se preparou para o Dia das Mães?
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)