campanhas eficientes no Google Adwords - imagem: larrylim.netTempos atrás, falei sobre campanhas Google Adwords eficientes, quando escrevi o artigo sobre foco em campanhas de marketing digital. O tempo só me reforçou a certeza de que a maioria das campanhas de links patrocinados (ao menos aqui no Brasil) não são eficientes e desperdiçam a maior parte do dinheiro gasto em cliques. Certamente o Google não reclama desse desperdício – já que quanto mais cliques um anúncio tiver, mais dinheiro irá para a empresa -, mas certamente também não acha isso legal, já que sem retorno não há lojista que sobreviva.

Uma campanha de links patrocinados é feita de palavras-chave e anúncios, no caso de uma campanha direcionada para a Rede de Busca ou de jogos de palavras-chave e canais, mais anúncios, para os casos em que as campanhas são direcionadas para a Rede de Conteúdo. As diferenças já começam por aí e o primeiro erro é querer tratá-las de forma igual, com a mesma campanha nas duas redes. Não adianta apenas pegar as palavras-chave que a ferramenta do próprio Adwords sugere, escrever anúncios e definir o valor do clique. Fazer uma campanha de Google Adwords é muito mais que isso.

Se você quer campanhas de links patrocinados mais eficientes, usando o Google Adwords, vamos às dicas:

  • antes de montar a campanha, saiba o que você quer atingir com ela. Seu objetivo é vender mais? Qual é o produto que você deseja vender mais e como seus clientes procurando por ele? Seu objetivo é gerar contatos? Ou seria incentivar os clientes a assinarem sua newsletter? Quando você souber qual é o seu objetivo, a forma como você trabalhará os itens abaixo serão muito mais claras
  • se o seu cliente já estiver procurando o seu produto, seu foco deve ser na Rede de Busca. A Rede de Busca é composta pelo Google e sites que utilizam seu mecanismo de pesquisa e reúne pessoas que estão usando palavras-chave altamente relacionadas com o seu produto ou serviço, ou seja, o cliente quer o seu produto e está procurando por ele
  • se ele não conhece seu produto e nem sequer saber que precisa do seu produto, não tem como ele buscá-lo no Google. Nesse momento, você tem que usar a Rede de Display e exibir seus anúncios em sites que o seu público consumidor frequenta.  A comunicação é diferente, pois você tem que mostrar pro seu cliente que o seu produto existe e que ele pode solucionar um problema que ele nem sabe ainda que tem
  • pense em palavras-chave que tragam resultado e que realmente estejam em sintonia com as buscas de seu cliente: é melhor ter 10 palavras-chave ótimas do que 100 palavras-chave razoáveis
  • na mesma linha, acompanhe as palavras-chave que trazem retorno, ou seja, conversão, ou seja, metas cumpridas. Não adianta nada encher seu site ou loja virtual de visitas se os clientes não têm interesse naquilo que você ofereceu – ou pior, acharam que era uma coisa e encontraram outra – e só estão procurando o botão Voltar do navegador
  • utilize as restrições geográficas e de idioma. Há 3 anos que o meu trabalho envolve Adwords e há 3 anos que eu vejo supermercados de São Paulo oferecendo seus produtos nas buscas feitas por gaúchos. Não ofereça seus produtos a quem não pode comprá-los
  • por fim, otimize sua campanha para que seja possível utilizar o CPA – Custo por Aquisição. O CPA é uma forma diferente de cobrança que permite que você pague um valor estimado por conversão e portanto diretamente relacionado ao resultado. Nessa modalidade, o Google tenta identificar quais são os cliques que podem potencialmente resultar em uma conversão e os busca

Acredite: vale a pena ter uma agência ou profissional trabalhando em sua conta, mesmo que ela seja de pequeno porte. Os reais economizados pelas boas estratégias além de economizar nos cliques desperdiçados podem trazer melhores clientes e ainda mais resultado para sua loja virtual ou empresa. E você, quais são suas dicas para campanhas de Google Adwords mais eficientes?

Sua campanha no Google Adwords é eficiente?
3 votos, 5.00 média (96% pontuação)