Blog com Loja Virtual - imagem: Fenix 1984/iStock VectorsVocê quer trazer mais gente para a sua loja virtual? Você quer que sua loja virtual seja bem posicionada no Google e que assim você consiga atrair visitantes através da busca orgânica? Você tem feito isso, até consegue trazer pessoas mas o resultado em vendas é bem menor do que você gostaria? É muito provável que seus esforços estejam sendo gastos na direção errada.

Já falei algumas vezes aqui no blog sobre o funil de vendas. De modo resumido, nem todos os clientes estão prontos para comprar o seu produto: muitos deles ainda nem sabem como o seu produto pode resolver seus problemas e a maioria ainda está na fase da pesquisa. Isso significa que não adianta você trazer clientes para sua loja virtual enquanto eles ainda não estão prontos ou quase prontos para comprar. Especialmente se você for pequeno e não tiver grandes verbas de marketing, é melhor centrar todos os esforços para mostrar aos potenciais clientes que você quer realmente ajudá-los a solucionar um problema e não apenas vender um produto. Para isso, nada melhor que um blog.

Defendo uma linha em que você deve preparar os textos de sua loja virtual da maneira mais completa possível, com relevância e exclusividade no conteúdo, boas imagens e informações que cativem o seu consumidor. Porém essas informações atendem apenas àqueles que já se decidiram pela compra e já estão pré-dispostos a comprar em sua loja virtual. Enquanto as pessoas não chegarem nessa fase, a sua loja virtual não fará com que os consumidores realmente absorvam o seu conteúdo e poderá fazer com que ela seja um simples trampolim para um site concorrente.

Isso é especialmente problemático se a sua loja não tem o melhor preço do mercado ou se remunera o fornecedor da loja virtual por page views. Você investe em um conteúdo bem preparado, fica bem indexado no Google, mas os clientes entram, olham o seu conteúdo e não o aproveitam. Pior, o seu conteúdo mostra para o potencial cliente que aquele produto é bom e ele decide comprar no concorrente, que tem um preço melhor. Naquele momento, viu seu conteúdo e sua loja como “apenas mais uma loja”, sem qualquer fidelidade.

Um blog atua na melhoria desse problema. Ele não deve ser uma simples extensão da loja mas sim um complemento. A melhor estratégia é adotar uma linha neutra no blog, falando dos produtos e serviços que você vende e mostrando a seus clientes porque aqueles produtos são bons e como podem solucionar seus problemas. Assim, seus links serão melhor vistos no Google – seja porque o conteúdo poderá ser ainda melhor, seja porque os visitantes perceberão que você é um blog e não uma loja – e você poderá começar um relacionamento com um potencial cliente, ajudando-o em uma etapa em que ele ainda tem muitas dúvidas.

Por exemplo, se você vende televisores, a maioria das lojas virtuais em seu segmento aproveitam o conteúdo fornecido pelo fabricante. Uma pequena parte investe em conteúdo personalizado, falando daquela televisão específica e quais são suas vantagens. Mas quase ninguém investe em um blog que fale sobre televisores. Esse blog pode apresentar os produtos, em uma maneira imparcial, assim como pode promover comparativos entre os aparelhos de diversos modelos e fabricantes. Um desses posts pode contemplar um guia sobre “como comprar sua nova TV de LED” e mostrar aos leitores as suas impressões, auxiliando-os a decidir. Ainda nesse momento, você não buscará vender nada ao seu visitante, mas apenas ajudá-lo com informações úteis, que são valiosas para eles.

Em cima desse trabalho é que você pode começar a angariar novos visitantes para sua loja virtual. Você não precisa fazer anúncios ostensivos e também não precisa esconder dos leitores que o blog é promovido por uma loja virtual, mas é preciso relacionar de forma leve os posts com os produtos que você vende. Em um comparativo entre televisores, você pode eleger um vencedor – seja verdadeiro na eleição, pois fraudes não duram muito – e fazer uma promoção para aquele televisor em sua loja virtual. Você também pode fazer uma relação de aparelhos e relacioná-los com sua loja, convidando os leitores a olharem os produtos em sua loja. A ideia é que seu blog seja uma fonte de informação para todos os visitantes e a partir dali, eles possam ser direcionados para sua loja. É de se esperar que os visitantes que gostem de seu conteúdo estejam mais abertos a receber as suas sugestões de compras, ainda mais se você tiver um bom catálogo de produtos.

E como implantar isso? Isso fica para um próximo post, daqui a alguns dias.

 

 

Que tal ter um blog junto com a sua loja Magento?
2 votos, 4.50 média (88% pontuação)