Escrevendo corretamente - imagem Jason Stang

Certamente, se vocês olharem meus textos neste blog, vão se deparar com erros de digitação, ortografia, concordância. Não dou a mesma atenção aos textos neste blog aos textos de meus livros – onde além de eu escrever com mais calma, eles são colocados sob os olhos de três ou quatro revisores, antes da publicação – e portanto, a frequência de erros será maior. Ainda assim, não costumo errar por aqui (no que diz respeito ao português, que fique bem claro).

E por que estou dizendo isso? Para falar de textos em lojas virtuais. Vocês já pararam para avaliar a quantidade de erros de português aos quais somos expostos todos os dias? Nem falo do já tradicional emprego incorreto do “á/a/há tanto tempo” ou de se esquecerem que o sinônimo de porém é “mas” e não “mais”. Seguidamente, encontro erros graves de português nos textos que leio, seja em blogs, em artigos e em lojas virtuais.

No começo pode parecer uma coisa pequena, mas aos poucos, isso vai ficando sério. Os mais jovens têm dificuldade em escrever corretamente pois não leem textos corretos. Os mais velhos desistem de lutar e entendem que o futuro do português está perdido. Nesse momento, não me interessa discutir se podemos passar a conjugar todos os verbos apenas na terceira pessoa do singular (você vai, ele vai, nós vai, eles vai). O importante pra mim é que tenhamos um pouco mais de cuidado com os textos descritivos de nossas lojas virtuais.

Quando você for montar um texto para seus produtos, lembre-se dos seguintes pontos:

  • Monte um rascunho, pensando em tudo o que você quer transmitir para seus clientes. Esse rascunho é um rascunho. Não pense que ele será o texto final. Coloque os tópicos ao acaso, procurando apenas botar as ideias no papel (ou na tela do computador).
  • Organize as ideias com começo, meio e fim. Lembre-se das aulas de redação onde havia uma introdução, um desenvolvimento, um clímax e uma conclusão.
  • Estruture os parágrafos e frases de modo que elas tenham uma sequência lógica.
  • Tenha atenção para que o texto não fique nem com parágrafos muito longos e nem frases muito curtas (meus revisores adoram essa parte).
  • Revise a ortografia e a concordância.
  • Dê o texto para outra pessoa revisar e apresentar sugestões.
  • Por último, revise tudo novamente para ter certeza de que está correto.

Dá trabalho? Dá! Mas como você pode querer vender para alguém mostrando para ela que você mesmo não teve cuidado com sua loja virtual? Ou por outra, como você quer convencer alguém se seu texto é confuso e cheio de voltas, com erros a cada passo?

A importância de escrever corretamente
0 votos, 0.00 média (0% pontuação)